Tuesday, 16 October 2007

A primeira vez em que meus pes tocaram o continente Africano

E impossivel ir a Marrocos e voltar a mesma pessoa de la.
A pobreza e quase palpavel e doi. Nao e possivel ficar alheio a ela. A imagem, o cheiro, impreguinam na pela, e a gente acaba trazendo ela conosco. Impossivel nao se tocar com pedintes que te olham nos olhos, nao agridem. Apenas olham nos olhos, e vao te seguindo, calmamente ate desistirem pacificamente e desaparecerem pelas ruelas da velha Medina.
Marrocos e soberano de uma pobreza quase magica, pois a falta, a nescessidade, nao foi suficiente para corromper o seu povo para a desonestidade, o crime, ou ate mesmo a malandragem " banal" da qual estamos tao "mal acostumados" no Brasil.
Essa honestidade encanta. Olhares humildes que te olham e atravessam tua alma. Um olhar fundo. Pesado de alma, pesado com as artimanhas da vida, de uma vida seca, dura, ardua e digna. Fieis a suas crencas. Sao capazes do sacrificio pelo sacrifico. Como se ja nao bastasse o ritmo normal em que vivem. No Ramadan mais de noventa por cento da comunidade Marroquina faz jejum severo durante o dia, tendo a primeira refeicao so depois que o ultimo raio de sol morre no horizonte.
Sao donos da arte da barganha. O preco de um artefato nunca sera o preco estabelecido em uma primeira conversa. Normalmente o preco baixa mais de cinquenta por cento, noutras se ganha brindes. Uma compra e sempre uma aventura. Um risco inesperado. Tarefa cansativa para quem como eu nao estava acostumada a negociar precos.
O artesanato marroquino e riquissimo de cores, geometria e magia. Lampioes decorados, loucas de barro pintadas a mao, espelho e caixinhas de joia feitas de oco, tapetes feitos a mao. Joias de prata. Nos mercados- Souks o bailado das cores chamam a atencao.
O cha de menta, os gatinhos magrelos pelas ruelas, a cidade toda Rosa, o canto vindo da Medina que se ouvia de madrugada no hotel. Os Taxis lotacao permitidos por lei que transportavam dois adultos no banco da frente e quatro no banco de tras. O homem que segurava cobras e ria, um riso alto, nas portas do deserto Sahara. Os vilarejos de barro que se confundiam com as montanhas no sul de Marrocos. Os camelos! A emocao de subir no camelo, que vai pra cima e pra baixo, como uma gangorra, quando ele levanta primeiro a pata de tras depois a da frente. Os comerciantes sempre deitados nas lojas, fruteiras. As ruas de Marrakesh no seu movimento desordenado, atravessava elas, no impeto de um cego beirando a estrada. E sempre deu certo.
E impossivel descrever tudo. Pra isso precisaria 1001 vidas. No entanto e impressao desses dias em Marrocos me deixou mais rica e um pouco mais pobre tambem. Mas sem duvida jamais a mesma.
E incrivel pensar na vida. E ter a arte de analisa-la diante diferentes perspectivas. Marrocos pra mim foi como conhecer um novo mundo. Uma dor e uma delicia. Uma descoberta, certamente. Impera um alivio e um desespero, de ter nascido onde nasci e ter acesso a todo o conforto que eu tive em minha vida, o desespero e de saber, que minha sociedade, ocupa seus dias, seus sonhos, com coisas tao banais, e esquece as coisas que realmente importam. A magia da vida. Talvez esse seja o segredo oculto nas ruelas de uma pobre Medina, sem olofortes, talvez seja mais facil descobrir as estrelas!
Inechala *****************************************

No comments:

Livros que me acompanham em 2009

  • Notes from my travels- Angelina Jolie
  • THE SHAMANIC WAY OF THE HEART - Chamalu- Luis Espinoza
  • Shooting Butterflies - Marika Cobbold
  • The Global Deal - Climate change and the creation of a new era of progress and prosperity- Nicholas Stern
  • The Penelopiad- Margaret Atwood
  • Discover Atlantis - Diana Cooper
  • Tne Gift - How the creative spirit transform the World - Lewis Hyde
  • My East End: A history of Cockney London- Gilda O'Neil
  • Delta of Venus- Anais Ninn
  • The Little Prince- Antoine de Saint Exupéry *** Apr
  • Doidas e Santas- Martha Medeiros (March)
  • The English Patient by Michael Ondaatje
  • Gilead by Marilynne Robinson - Feb
  • Healing With the Faries by Doreen Virtue (Feb)
  • Montanha Russa- Martha Medeiros (Feb)
  • O codigo da Inteligencia - Augusto Curry - Feb
  • O Ensaio sobre a cegueira - Jose Saramago ( Jan Lendo)

Livros que andaram comigo em 2008

  • Meditacao a primeira e ultima Liberdade by OSHO ( Dec)
  • The English Patient by Michael Ondaatje (Dec Lendo)
  • Harry Potter and the Philosopher's Stone - J.K Rowling (Oct Lendo)
  • The PowerBook - Janette Wintersone (Oct- )
  • A vida que ninguem ve- Eliane Brum (Sep - Lendo)
  • The Birthday Party - Panos Karnezis - (Sep )
  • Ensaio sobre a Lucidez -Jose Saramago (Lendo...)JUN
  • Nearer The Moon -Anais Ninn (Lendo..) JUN
  • Superando o carcere da emocao - Augusto Cury(lendo...) JUN
  • Perdas e Ganhos- Lya Luft Jun(Releitura) Jun
  • A Mulher que escreveu a Biblia - Moacyr Scliar(May) ****
  • The Secret By Rhonda Byrne (May)
  • Time Bites -Doriss Lessing March (lendo...)
  • Life of Pi - Yann Martel (March to May )
  • The Kite Runner -Khaled Hossein /March ****
  • Back when we were geown ups / ANNE TYLER (larguei na metade)
  • O Sonho mais doce - DORIS LESSING /Feb ****
  • The Crimson Petal and the White- MICHAEL FABER / Dec-Jan / ***

Livros que me acompanharam em 2007

  • Burning Bright - TRACY CAVILER
  • Fear of flying - ERICA JOUNG (larguei na 50th pagina)
  • I'll take you there - JOYCE CAROL OATES ***
  • Memorias de minhas putas trsites GABRIEL GARCIA MARQUEZ ***
  • The Siege - HELEN DUNMORE ***
  • A girl with a pearl earing - TRACY CHAVILER ***
  • A year in Province PETER MYLES ( larguei na metade)
  • The mark of the angel- NANCY HUSTON-
  • A bruxa de portobelo - PAULO COELHO -
  • Under the Tuscany Sun - FRANCES MAYA -
  • Sophie's World - JOSTEIN GAARDER *
  • The umberable lightness of being - KUNDERA- **
  • As aventuras da menina ma MARIO VARGAS LOSA - ****

Followers

Nas entrelinhas

About Me

Lua

CURRENT MOON
p>

FEEDJIT Live Traffic Feed