Sunday, 21 September 2008

Do amor



Certa vez uma amiga me disse que ninguem morre de amor. Romeu e Julieta morreram de amor, lhe disse em contradicao, e ela me olhou profundamente e me disse que eles morreram de idotice e nao de amor. Se Romeu tivesse lido o bilhete que Julieta lhe deixou nao teria tomado veneno e estupidamente se matado.
A retorica proceguiu, por horas e horas, e muitos calices de vinho, teorias, passagnes de livros e filmes sem que chegassemos mesmo a lugar nenhum. A piada ficou, e sei, que se eternizara em nosso meio, toda vez que alguem estiver chorando com o coracao partido, sei que uma de nos gritara sem piedade- Ninguem morre de amor!
Devo dar a mao a palmatoria e aceitar que ninguem morre de amor, mas as vezes, e como se morressemos, e e uma morte lenta, um processo doloroso, que vai aos poucos retirando cada pedacinho nosso, das coisas que conheciamos sobre nos mesmos e que passam a nao fazer mais sentido. Se morre subjetivamente de amor. E uma doenca que consome lentamente, e que nao possui antibiotico, vacina, ou remedio para dor.
Perder quem se ama, nao pela morte fisica, mas pela morte do elo que um dia existiu e sem duvida um desfio desesperador para a alma, que se apega tanto ao querer bem, sem saber medir os vicios e as delicias.
Cortar o elo e dificil, pois a pessoa ainda existe, so que nao pode mais existir na mesma dimensao, entao e preciso se armar de muros e muralhas para que o coracao entenda que de certa forma, embora ainda viva, aquela pessoa precisa morrer (subjetivamente). E como segurar a impulsividade de um telefonema? De um e-mail? De um jantar? Tudo bem se os dois lados estiverem bem resolvidos com a resolucao da separacao, mas o que acontece se um dos lados ainda ama com voracidade e ainda deseja que tudo fosse como antes, mais uma vez?
Mas assim como podemos morrer por amor, tambem podemos ser curados por ele, e essa e a viagem mais emocionante, no exercicio de viver. Como nas historias de contos de fadas onde a Cinderela foi salva por seu principe e a bela dormecida voltou a vida apos um beijo. Dizem que nada como um novo amor, para enterrar o velho.
O amor e a energia mais poderosa que existe. E por ter tanta forca vital, ele salva e mata. Aprisona e liberta. E quase sempre vive independente da nossa vontade, nasce, morre, rensace, ao nosso olhar atonito, que senta e percebe suas mudancas, sem ter controle quase algum sobre ele. Amor e quimica, misterio, sensibilidade, destino, aroma, paladar. Sabe se la porque nos paixonamos por aquele cara que nao tinha nada a ver com a gente.
A dor maior e quando o amor de um decide acabar enquanto o amor do outro ainda vive e nao quer sair. Expulsar o amor dentro de um coracao, pode ser a tarefa mais dificil do exixtir.
Ninguem morre de amor, mas as vezes a dor e tanta, que se fosse dor fisica, possivelmente o coracao pararia de bater. Como Cazuza disse um dia -Morrer nao doi! Se a morte nao causa dor, os pesos das perdas no viver deixam cicatrizes, e nos paralizam por um certo tempo nesse estado de dor intensa, onde prazer e alegria sao sentimentos quase impossiveis de reconhecer.
Toda perda gera conflito e dor, e nos atira para um outro nivel, para um outro cenario, que precisamos tentar conhecer, mesmo quando tudo o que desejariamos nessa hora era olhar pra tras e pisar naquela terra confortavel que deixamos.
Perder doi, e melhor seria se nao precisassemos perder nunca. Quem esta vivo sangra.
Ana Frantz

2 comments:

Florence said...

E no final ninguem morre de amor, se vive de amor, se morre eh de dor, de magoas e cicatrizes que nao fecham...se morre eh de solidao.
Te amoooo!!!
Londi's Nazuropa.

Florence said...

e no final ninguem morre de amor... se morre de dor, de cicatrizes que nao fecham.. se morre de solidao...
te amo
Londi's Nazuropa

Livros que me acompanham em 2009

  • Notes from my travels- Angelina Jolie
  • THE SHAMANIC WAY OF THE HEART - Chamalu- Luis Espinoza
  • Shooting Butterflies - Marika Cobbold
  • The Global Deal - Climate change and the creation of a new era of progress and prosperity- Nicholas Stern
  • The Penelopiad- Margaret Atwood
  • Discover Atlantis - Diana Cooper
  • Tne Gift - How the creative spirit transform the World - Lewis Hyde
  • My East End: A history of Cockney London- Gilda O'Neil
  • Delta of Venus- Anais Ninn
  • The Little Prince- Antoine de Saint Exupéry *** Apr
  • Doidas e Santas- Martha Medeiros (March)
  • The English Patient by Michael Ondaatje
  • Gilead by Marilynne Robinson - Feb
  • Healing With the Faries by Doreen Virtue (Feb)
  • Montanha Russa- Martha Medeiros (Feb)
  • O codigo da Inteligencia - Augusto Curry - Feb
  • O Ensaio sobre a cegueira - Jose Saramago ( Jan Lendo)

Livros que andaram comigo em 2008

  • Meditacao a primeira e ultima Liberdade by OSHO ( Dec)
  • The English Patient by Michael Ondaatje (Dec Lendo)
  • Harry Potter and the Philosopher's Stone - J.K Rowling (Oct Lendo)
  • The PowerBook - Janette Wintersone (Oct- )
  • A vida que ninguem ve- Eliane Brum (Sep - Lendo)
  • The Birthday Party - Panos Karnezis - (Sep )
  • Ensaio sobre a Lucidez -Jose Saramago (Lendo...)JUN
  • Nearer The Moon -Anais Ninn (Lendo..) JUN
  • Superando o carcere da emocao - Augusto Cury(lendo...) JUN
  • Perdas e Ganhos- Lya Luft Jun(Releitura) Jun
  • A Mulher que escreveu a Biblia - Moacyr Scliar(May) ****
  • The Secret By Rhonda Byrne (May)
  • Time Bites -Doriss Lessing March (lendo...)
  • Life of Pi - Yann Martel (March to May )
  • The Kite Runner -Khaled Hossein /March ****
  • Back when we were geown ups / ANNE TYLER (larguei na metade)
  • O Sonho mais doce - DORIS LESSING /Feb ****
  • The Crimson Petal and the White- MICHAEL FABER / Dec-Jan / ***

Livros que me acompanharam em 2007

  • Burning Bright - TRACY CAVILER
  • Fear of flying - ERICA JOUNG (larguei na 50th pagina)
  • I'll take you there - JOYCE CAROL OATES ***
  • Memorias de minhas putas trsites GABRIEL GARCIA MARQUEZ ***
  • The Siege - HELEN DUNMORE ***
  • A girl with a pearl earing - TRACY CHAVILER ***
  • A year in Province PETER MYLES ( larguei na metade)
  • The mark of the angel- NANCY HUSTON-
  • A bruxa de portobelo - PAULO COELHO -
  • Under the Tuscany Sun - FRANCES MAYA -
  • Sophie's World - JOSTEIN GAARDER *
  • The umberable lightness of being - KUNDERA- **
  • As aventuras da menina ma MARIO VARGAS LOSA - ****

Followers

Nas entrelinhas

About Me

Lua

CURRENT MOON
p>

FEEDJIT Live Traffic Feed